Manual do blush: Um guia completo do produto

34 - Manual do Blush
Amanda Naves

Amanda Naves

Entre os produtos essenciais de maquiagem, o que não pode faltar é o nosso queridinho blush não é mesmo? Mas o blush também pode acabar com a maquiagem se usado de forma incorreta. Por isso você precisa conhecer sobre o produto, conhecer quais são os tipos, a maneira certa de aplicá-lo e, sem dúvidas, a cor adequada para seu tom de pele. 

Muitas mulheres trazem diariamente suas dúvidas quanto ao blush, por ser um produto que precisa de um cuidado necessário na hora dos seus atendimentos.  As clientes amam, mas na medida certa! Por isso, resolvi trazer um manual completo do nosso queridinho. 

O que você vai achar: 

  • Sou insegura ao aplicar o blush e agora?
  • Quero começar meus atendimentos mas não não conheço os tipos de blush; 
  • Existe um tom para cada pele?

Sou insegura ao aplicar o blush e agora?

Sua insegurança deriva de falta de técnica. Você ainda se sente insegura, mas quando você aprende a formação da técnica, você manda embora todo o medo e insegurança. Cada pessoa tem um formato de rosto diferente e isso deve ser levado em conta na hora de aplicar o blush. Pedir para que a cliente faça a clássica “boca de peixe” ou até mesmo um biquinho pode ajudar, pois deixa as maçãs do rosto em evidência e é ali que o produto deve ser aplicado.

Passe o blush do meio das maçãs, subindo para as têmporas, terminando uns dois dedos antes de chegar à raiz dos cabelos. O objetivo é apenas dar um ar saudável ao rosto, logo, a cor não deve ficar marcada.

Há alguns anos, existia uma teoria dos três linhas: O blush em uma, o contorno em outra e o iluminador em um linha diferente. Hoje as coisas mudaram, e os três produtos se encontram na maquiagem. O Blush entra na maçã do rosto, indo ao encontro do contorno. O iluminador vem por cima dessa junção maravilhosa. 

Se você se sente vontade de começar a viver de maquiagem, clique aqui, tenho uma proposta para te fazer! 

Quero começar meus atendimentos mas não conheço os tipos de blush

Meu amor, você não precisa de todos os tipos de blush, mas precisa ter o conhecimento deles! 

Em pó

Esse deve ser usado por cima do pó. Lembra o que eu sempre falo? Se resolveu começar com maquiagem em pó na sua cliente, termine com acabamento em pó. Se aplicado logo após a base corre-se o risco do produto grudar na pele, acumulando mais produto do que o esperado. Lembre-se de sempre retirar o excesso de blush do pincel antes da aplicação. 

Em bastão

O blush em bastão tem o formato de um batom e pode ser aplicado fazendo um leve rabisco nas maçãs. Em seguida, deve-se espalhar o produto com leves batidinhas, usando os dedos. Não indico ele para atendimento, corre bastante o risco de secar e acabar manchando a pele da cliente. Mas ele dá uma naturalidade linda para as maçãs do rosto, você só precisa ter atenção na hora de aplicar. 

Líquido

Deve ser passado antes nos dedos e depois levado ao rosto, já que seca rápido e pode deixar manchas na pele se aplicado diretamente. Garante um efeito bem natural. E que é outro produto que eu não indico para atendimentos, pelo efeito e pela rapidez com que ele seca. 

Sem brilho

O blush matte dá um aspecto aveludado na pele e garante suavidade, e fica maravilhoso em peles bem marcadas e com o contorno feito em pó. Como tem uma textura opaca e sem brilho, é indicado principalmente para clientes de pele oleosa.

Com brilho

Assim como os iluminadores, o blush com efeito perolado dá esse up na maquiagem e é ideal para quem tem pele mista ou seca. Em pouca quantidade pode ser usado em peles oleosas, mas com cuidado para não exagerar e ficar com excesso de brilho no rosto. 

Existe um tom de blush para cada pele? 

A resposta é: Claro! O tom de pele é um aspecto crucial que deve ser analisado antes de da escolha do blush na hora do atendimento. Vou te explicar melhor, bora lá?

Para pele clara

Para não ficar artificial, o ideal é apostar em cores como o pêssego e rosa, que dão suavidade. Evite o rosa aberto, que deve ficar restrito apenas às paletas infantis.

Para pele morena

Tons mais fortes podem ser explorados, mas sem exagero. O bronze um pouco abaixo das maçãs e um tom cereja são os indicados para dar uma cor à pele mais dourada.

Para pele negra

A cor inimiga, nesse caso, é o terracota. Mulatas e negras devem fugir desse tom que “apaga” na pele e apostar no vinho e bronze escuro, para garantir um melhor efeito.

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Deixe um comentário

Conheça a Essencial Collection

A minha coleção de produtos essenciais que toda maquiadora profissional precisa ter!