Tráfego pago x Tráfego orgânico: Como crescer usando minhas redes sociais

15 - Crescer com redes socias
Amanda Naves

Amanda Naves

       Você sabe qual é a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico?

Conhece estratégias que poderão atrair visitantes de ambos os jeitos para suas plataformas digitais?

   Inicialmente, é necessário pontuar que essas duas estratégias são importantes para o maior reconhecimento da sua rede social. Assim sendo, apesar de ser essencial compreender a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico, você deve encará-las como técnicas complementares, e não excludente. Quando você que faz os investimentos certeiros em ambos os formatos de tráfego, têm maiores probabilidade de potencializar seus resultados.

     Para compreendermos melhor a diferença entre tráfego orgânico e tráfego pago, vamos começar entendendo o que é tráfego

O que é tráfego?

                     Vamos imaginar a seguinte situação: Você é um grande especialista na sua área.

 Certo dia você é convidado para dar uma palestra em uma faculdade muito conceituada, e assim terá a oportunidade de repassar seu conhecimento para muita gente.

 Você sabe que as pessoas vão ficar impressionadas com o que você tem a oferecer, afinal você tem conhecimento no assunto.

 Então você espera, se prepara, fica ansioso. Você se arruma e checa todo o material que vai utilizar na palestra.

Revisa o que vai falar, sai mais cedo por causa do trânsito e chega ao lugar combinado.

Quando você entra no auditório, no horário marcado, você fica sem palavras.

Não porque está nervoso. Não é isso. Você se preparou muito para aquele momento. Também não é porque tem muita gente ali e você está intimidado com isso.

Não.

O que te deixa sem palavras é que ninguém, absolutamente ninguém, foi ver sua palestra.

Não tem uma única pessoa sentada no auditório.

Você olha para um lado, olha para o outro, e nada.

Você está sozinho.

É mais ou menos a mesma coisa que acontece quando sua página não tem tráfego. Porque tráfego é o público que acessa sua página. É quem tem interesse pelo que você está falando ou oferecendo. Seja para consumir um conteúdo, se inscrever em um curso, ou até comprar seu produto ou serviço.

Sem o tráfego, você é invisível na internet. É como se você não existisse. Porque ninguém te vê. O que não é visto, não é lembrado. Você pode ser o melhor daquela área. Se não tem ninguém para te ouvir, não adianta de nada. Se o seu Instagram não tem público, ele não converte. Aí sua estratégia de marketing digital não irá pra frente.

Afinal, qual a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico?

Para entender melhor a diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico, vamos separar os assuntos em tópicos para melhorar a compreensão.

O que é tráfego orgânico?

 

O tráfego orgânico, é o que acontece de forma espontânea, como o próprio nome sugere. Assim sendo, não há um investimento financeiro direto. Contudo, investimentos não são apenas financeiros, não é mesmo?

Para conquistar um bom tráfego orgânico para a sua página é preciso trabalho e tempo dedicados ao marketing de conteúdo. Isso acontece porque as visitas na sua página que acontecem por meio o tráfego orgânico chegam por meio de pesquisas em mecanismos de busca, como o Google.

Porém, para o seu site, ser exibido entre as primeiras posições entre os resultados ou seu conteúdo atingir um maior número de pessoas no instagram, e com isso, ser mais facilmente encontrado pelos usuários de internet, é fundamental que ele tenha grande credibilidade. E como é conquistada essa credibilidade e autoridade? Por meio da produção de conteúdo relevante.

Como fazer com que o tráfego orgânico deslanche?

A produção do marketing de conteúdo passa por várias estratégias. Dentre elas, destaca-se a boa utilização e conhecimento das métricas. Essa metodologia faz com que as pessoas encontrem a sua página com mais facilidade por meio das buscas ou seu conteúdo atinja um maior número de público.

Para aplicar as métricas é importante conhecer algumas normas consideradas relevantes pelo Google e instagram. Por exemplo:

Ø  A utilização de palavras-chave relevantes;

Ø  Site responsivo e ágil;

Ø  Bons títulos, link building e guest blogging;

Ø  Utilização de imagens e vídeos relevantes

Ø  Produção de stories

Ø  Postagens de fotos com conteúdo relevante.

Ø  Interação por meio de mensagens diretas (direct)

O que é tráfego pago?

 

       O tráfego pago, como a própria expressão sugere, exige que você faça um investimento financeiro para que os visitantes cheguem até a sua página, site ou blog. Para isso são feitos anúncios e links patrocinados para que o seu endereço seja exibido nos mecanismos de busca

.

       Se a sua marca, página, site ou blog deseja manter a taxa do tráfego paga sempre constante ela precisa ter anúncios ativos. Sendo assim, essa é uma diferença importante entre o tráfego pago e o tráfego orgânico. Afinal, quando encerrado o tempo do anúncio, esse link patrocinado sai do ar. Dessa forma, os links patrocinados trazem resultados muito bons e rápidos. Porém, não tão duráveis quanto os do tráfego orgânico. Enquanto há investimento, há resultado.

       Por isso é importante fazer um bom planejamento para definir qual será o orçamento destinado ao tráfego pago, quais públicos você quer atingir, qual produto quer anunciar e em quais canais serão feitos os anúncios. Também, é importante lembrar que o tráfego pago pode ser feito por meio do patrocínio e impulsionamento de conteúdos já produzidos na sua página, por exemplo. Assim, o alcance desses materiais será maior e, com isso, a taxa de cliques na sua página também.

Resultados a médio e longo prazo

  É importante ressaltar que uma das principais, se não a principal diferença entre tráfego pago e tráfego orgânico, é que a segunda é construída a médio e longo prazo. Isso acontece porque produzir um conteúdo que seja considerado relevante e com alta credibilidade perante na sua página, é algo que leva tempo. Ainda, exige grande qualidade, frequência e consistência de publicações.

     Porém, apesar de ser uma estratégia que leva tempo, seus resultados são extremamente positivos. Não à toa a produção de conteúdo é a principal forma de aumentar o tráfego orgânico de um site.

Instagram Ads

          Dentro da ferramenta Instagram Para Empresas, existe o Instagram Ads, análogo ao Facebook Ads. Nessa ferramenta é possível realizar anúncios dentro do Instagram, tanto por meio de fotos quanto por meio de vídeos, no feed ou até mesmo as Histórias!

            Se o seu público é um pouco mais jovem, o Instagram Ads pode ser ideal para o seu negócio por causa do perfil dos usuários dessa rede. E acredite, o Instagram cresce de maneira acelerada e em um ritmo maior do que o próprio Facebook. Em junho de 2018 a rede social anunciou que já existem mais de 1 bilhão de usuários ativos por mês.

      Depois de explicadas e definidas as diferenças entre tráfego orgânico e tráfego pago, vamos entender um pouco mais de como funciona a ferramenta Instagram? Através dele, milhões de pessoas no Brasil e no mundo, tem expandido os negócios e estão crescendo cada dia mais. Mas como crescer através do instagram?

Primeiro, vamos falar sobre algo que assusta os usuários e na maioria das vezes não é compreendido: o algoritmo. O algoritmo do Instagram analisa algumas informações para mostrar os conteúdos mais relevantes para os usuários.

O que ele quer é disponibilizar na timeline conteúdo de real interesse e relevância para os usuários, para que eles se prendam a aquele certo conteúdo e fiquem mais tempo na plataforma.

Mais tempo na rede social significa mais gente consumindo conteúdo, mais oportunidades para os anunciantes e, por consequência, mais dinheiro de anúncio entrando para o aplicativo. Devemos sempre lembrar que o instagram também é uma empresa que deseja – e precisa- lucrar no final.

Então, se você quer aumentar o alcance no seu Instagram, é necessário se atentar a três pontos:

Cronologia

        Sabemos que o feed cronológico foi extinto há algum tempo, porém os períodos de cada post continua tendo relevância. Então, conteúdos mais antigos serão menos vistos. Esse é um dos motivos para você fazer sempre novas postagens, mantendo o feed atualizado.

Relacionamento

         O algoritmo leva em consideração as pessoas que você mais se relaciona e passa a mostrar seus conteúdos para elas.

 Então, se você troca mensagens por DM, faz marcações nas fotos, interage, tudo isso indica um relacionamento e, por isso, você passa a ter mais relevância para aquela pessoa. Tenha interação no seu instagram!

Use os stories para caixa de perguntas, enquetes, menções. Abuse dos métodos para que sua DM encha, seus likes aumentem e sua interação seja constante. Dessa forma, sua página ficará relevante para um maior número de pessoas.

Interesse

        Além do relacionamento com outros usuários, o Instagram consegue identificar seus interesses através dos conteúdos que você interage, os sites que você visita, as hashtags que utiliza, etc.

  Se você está curtindo perfis de maquiagem, se interage em publicações com esse tema ou até mesmo se visitou uma loja virtual de “makes”, a plataforma consegue identificar esses dados e começa a mostrar mais conteúdo com base em seus interesses.

Dessa forma, caso você opte pelo tráfego pago, o Instagram vai destinar suas publicações para um público que interaja com o seu tipo de conteúdo

       Métodos para gerar maior interação, alcance e visibilidade das suas publicações:

1 – Use as hashtags ao seu favor

   Todas as vezes que for postar na timeline ou até mesmo nos Stories faça uso de hashtags estratégicas.

    Como fazer isso? Faça menção ao seu público alvo, de maneira que seu produto se aproxime dos consumidores.

   Você também pode olhar as publicações de vendedores do mesmo nicho que o seu, observando como eles usam as hashtags.

         Lembre-se, as hashtags ajudam a ampliar a visibilidade do conteúdo e atraem pessoas que estão interessadas no tema, ou seja, atraem o público que a marca tanto procura na plataforma.

2 – Abuse das lives do Instagram

Mesmo não sendo tão utilizada como os Stories, são ferramentas importantes para aumentar o alcance no Instagram.

Esse tipo de conteúdo faz com que o seguidor se conecte em tempo real com o perfil da marca, estimulando o engajamento e aumentando a interação na rede.

Quando você faz uma transmissão ao vivo, o algoritmo da plataforma entende que a marca está entregando valor e gerando relacionamento com os usuários, e por isso, passa a entregar seus conteúdos para mais pessoas. E como já foi discutido aqui, o Instagram também quer lucrar.

3 – Faça Stories com frequência

Os Stories são uma ótima forma de aumentar a interação com o público! Por isso, faça bom uso desse recurso. Abuse da criatividade e conteúdos relevantes, aproveitando o que de melhor pode oferecer para o público a despeito do seu produto.

Primeiro, porque muitas pessoas acabam vendo mais os Stories que a própria timeline. Segundo, porque os Stories permitem uma infinidade de interações. Você pode fazer enquete, quiz, marcar pessoas, colocar hashtags, gifs, músicas e muitos outros.

4 – Crie vínculo público

   Bom, o principal motivo de levar sua marca ou conteúdo para o Instagram, é que as pessoas te vejam. Para gerar um “relacionamento”, humanize a sua imagem. Se torne acessível, fazendo com que as pessoas se identifiquem com o seu perfil e você se torne um influenciador.

Portanto, interaja com os usuários! Responda as mensagens diretas, os comentários nas fotos, as menções nos Stories, entre outros.

 

Compartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

Deixe um comentário

Conheça a Essencial Collection

A minha coleção de produtos essenciais que toda maquiadora profissional precisa ter!